aprendizagem-digital

O que é aprendizagem digital? Conheça as tendências e ferramentas

Desde o início do século XX, o mundo caminha na era digital onde tecnologia e informação andam juntas. A chegada da pandemia da Covid-19 foi um marco e um acontecimento impulsionador da aprendizagem digital.

Mesmo com muitas instituições de ensino já vivendo a transformação digital, criando cursos em modalidade EAD (ensino a distância), a presença física em sala de aula ainda é considerada um fator-chave das práticas pedagógicas de ensino. 

Porém, com a necessidade de isolamento social durante a pandemia, professores e alunos precisaram aprender como usar as ferramentas educacionais digitais para continuarem as aulas, agora, online.

Ou seja, as soluções tecnológicas passaram a intermediar todo o esquema de ensino e aprendizagem dos alunos.

Aos poucos, as escolas estão tentando retornar às atividades presenciais e muitas estão adotando o ensino híbrido como estratégia.

Conheça mais sobre a aprendizagem digital, como as novas tendências vão contribuir para melhorar a qualidade da educação e ferramentas que já estão sendo aplicadas.

Boa leitura!

O que é aprendizagem digital?

Aprendizagem digital é o termo utilizado para designar o método de ensino que usa a tecnologia como meio para alcançar os objetivos educacionais.

A introdução das ferramentas digitais mudaram os métodos pedagógicos de ensino e aprendizagem, permitindo a criação de atividades em diferentes formatos e mais estímulo à interação e engajamento por parte dos alunos.

Aulas online, recursos multimídia (texto, imagem, áudio, gráficos, animação, vídeo), realidade virtual, trabalhos digitalizados fazem parte da educação digital, um conceito que inclui a aprendizagem digital e que tende a se consolidar cada vez mais.

 

Quais são as principais tendências na aprendizagem digital?

Agora que você entendeu o conceito de aprendizagem digital, deve estar se perguntando quais as principais tendências que estão se fortalecendo e sendo usadas nas escolas. Confira abaixo quais são:

Aprendizado mobile

Os dispositivos móveis, principalmente smartphones e tablets, são os principais equipamentos que os alunos possuem. Mesmo com a expansão da tecnologia, não são todos que têm acesso a computadores ou notebooks.

Porém, isso não é uma limitação no contexto da aprendizagem digital, pois os estudantes estão familiarizados com esses tipos de aparelho.

Então na hora de planejar uma aula EAD, o professor deve ter o mobile learning em mente para adaptar a dinâmica da aula para esses dispositivos, permitindo mais inclusão e o aproveitamento integral da experiência por todos os alunos.

O professor precisa se especializar para dominar as ferramentas e saber orientar os alunos a acessar os materiais e usar os aplicativos.

Gamificação

A gamificação é o termo utilizado para a aplicação da dinâmica de jogos nas atividades escolares com o objetivo de engajar mais os alunos na aprendizagem digital.

Os jogos eletrônicos na educação estimulam os alunos de diferentes formas como:

  • ter raciocínio lógico; 
  • traçar estratégias; 
  • planejar ações; 
  • seguir instruções;
  • trabalhar em equipe, etc. 

 

Dessa forma, os estudantes conseguem associar o aprendizado como sendo o “prêmio” ao final do jogo. 

A gamificação do aprendizado ainda ajuda o professor a inovar nos planos de aula, pois existem muitos aplicativos e até jogos criados para uso escolar como o Minecraft Education

Leia também: Como fazer um plano de aula passo a passo [5 etapas].

Realidade virtual

A realidade virtual (RV) é uma forma de criar experiências mais imersivas para os alunos dentro da aprendizagem digital. Dessa forma, mesmo estando longe do espaço ou de um museu, o aluno pode sentir como se estivesse nesses lugares. 

Com essa tendência, as escolas estão começando a investir em equipamentos para fazer simulações como os óculos virtuais. O Google Cardboard é um outro exemplo de aplicação de RV já disponível no mercado e que já é utilizado em muitas escolas. 

A aplicação da realidade virtual também ajuda a aproximar os alunos do conteúdo, mostrando mais “de perto” uma vegetação, relevo, monumento histórico, os planetas, etc. 

Microlearning

Outra tendência trazida pela aprendizagem digital é o microlearning, que é uma abordagem de ensino que divide os conteúdos em módulos menores, objetivos e com propostas de atividades mais curtas.

Muitos alunos têm dificuldade de concentração e disciplina no ensino remoto. Com o microlearning, o professor consegue criar uma sequência lógica para o conteúdo de uma matéria extensa, ensinando desde os conceitos básicos até sua aplicação prática mais avançada.

Essa dinâmica ágil estimula a concentração dos alunos, pois eles são estimulados a praticar também ao invés de apenas ouvir. 

Assim, eles conseguem reter o aprendizado de cada módulo melhor e se sentem mais confiantes para participar das aulas. 

Exemplos de ferramentas digitais para sala de aula

Para conseguir colocar as tendências de aprendizagem digital em prática, é importante que a gestão das escolas forneça as ferramentas para que o professor possa melhorar a experiência dos alunos.

Existem muitos recursos gratuitos e orientar a equipe docente como utilizá-los é importante para criar uma unidade nos métodos de ensino e aprendizagem e cumprir os objetivos pedagógicos.

Listamos a seguir as principais ferramentas que fazem parte do contexto de aprendizagem digital atualmente:

  • App de videoconferência: são essenciais para dar aulas online ao vivo e podem ser instalados em qualquer dispositivo. Ex: Google Meet;
  • App de armazenamento na nuvem: a forma mais fácil de compartilhar arquivos com os alunos é usando serviços na nuvem para criar pastas de cada turma e enviar o acesso por meio de links. Ex: Google Drive;
  • Apps de edição de documentos, planilhas e apresentações: esses recursos ajudam os alunos a fazer suas atividades, assim como os professores a gerenciarem suas turmas sem perder informações;
  • App de agenda online: para organizar as datas e horários das aulas, o professor pode criar um calendário exclusivo com sua turma. Ex: Agenda do Google;
  • App de gerenciamento de conteúdo para escolas: são ferramentas onde o professor gerencia as atividades, notas, aulas de forma compartilhada com os alunos de cada turma. Ex: Google Classroom.

Invista na modernização da sua escola

Provavelmente, a aprendizagem digital também é parte da realidade da sua escola e esse cenário pode ser melhorado com a inclusão de ferramentas modernas e fáceis de usar.

O Google For Education fornece um conjunto de aplicativos voltados para educação que podem ser usados desde o setor administrativo até a sala de aula.

A Safetec Educação pode ajudar a levar essa inovação para sua escola. Entre em contato com a nossa equipe e saiba como podemos te ajudar a alinhar a tecnologia com seu método de ensino.

Compartilhe com seus amigos!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn