marketing educacional

Marketing educacional: o que é e melhores estratégias

O conceito de marketing educacional evoluiu com o passar do tempo. E, hoje, ele é muito mais dinâmico, interativo e digital.

Até pouco tempo as escolas realizavam o outbound marketing, e você, com certeza, já viu essa estratégia pela cidade. Sim, estamos falando de banners, outdoors, anúncios no rádio e na TV.

Apesar de ainda ser utilizada, essa estratégia de marketing educacional é muito mais onerosa para as instituições e com retornos que muitas vezes não seguem o esperado.

Afinal, estamos falando de campanhas e ações sem segmentação e em ambientes que podem passar desapercebidos pelo público-alvo, que, não raramente, está entretido nos seus próprios dispositivos móveis.

Como você já deve imaginar, a nova visão do marketing educacional inclui a tecnologia como um de seus principais pilares. Continue a leitura para entender como ele funciona e quais as principais estratégias de marketing educacional.

O que é marketing educacional?

Conforme o dicionário, marketing é:

A “estratégia empresarial de otimização de lucros por meio da adequação da produção e oferta de mercadorias ou serviços às necessidades e preferências dos consumidores, recorrendo a pesquisas de mercado, design, campanhas publicitárias, atendimentos pós-venda etc.”

Podemos concluir que o marketing educacional é, portanto, o conjunto de ferramentas, ações e posicionamentos focados na dinâmica das instituições educacionais. 

Os objetivos podem variar seguindo as propostas de cada uma. Mas, normalmente, devem ser construídos para captar alunos, atrair os responsáveis e manter um relacionamento com aqueles que já estão ligados à instituição. Para, assim, aumentar a cartela de alunos e fidelizá-los.

Para isso, as escolas devem investir na propagação da marca, construção de um relacionamento e de experiências positivas no cotidiano do estudo. Incluindo, portanto, serviços de qualidade, ferramentas tecnológicas, inovação, adaptação ao comportamento dos consumidores e aplicação de técnicas do marketing empresarial.

Vale ressaltar, no entanto, que, hoje, essas estratégias mudaram consideravelmente, quando comparadas à época que havia menos instituições. E, claro, quando a escola ocupava um papel de detentora única do conhecimento.

Com a educação 5.0, inclusão do cenário digital e do ensino colaborativo, as instituições precisaram se atualizar. E entender que o comportamento do seu público-alvo mudou, assim como seus interesses, necessidades e preferências!

Mas, por que é importante investir em marketing educacional?

Bom, você deve ter notado que investir em estratégias de marketing educacional é vital para se manter competitivo. Mas, além disso, as ações, quando realizadas da maneira correta, impactam positivamente na imagem da empresa e na experiência dos envolvidos.

Naturalmente, isso:

  • Melhora o posicionamento da instituição;
  • Gera mais visibilidade para a marca;
  • Auxilia na captura de alunos;
  • Melhora os índices de retenção e fidelização;
  • Aumenta o poder de escalabilidade da instituição e
  • Ratifica a autoridade da escola perante pais, alunos e concorrentes

Agora que você já sabe o que é e a importância dessa ferramenta, vamos conhecer algumas das principais estratégias de marketing educacional?

Exemplos de estratégias de marketing educacional

marketing estratégias educacionais

  1. Segmentação do público e criação da persona

Segundo o Censo existem, hoje, no Brasil, 178,4 mil escolas de educação básica. Além dessa competição, ainda é preciso combater o êxodo escolar para atrair os alunos para dentro da sua sala de aula.

Não basta, portanto, investir apenas em estratégias de outbound marketing, com panfletos e anúncios sem segmentação por locais da cidade.

As instituições precisam focar seus investimentos em um grupo de interesse. Para isso é fundamental saber quem é o público-alvo, o cliente ideal e a persona da instituição.

Com essas informações em mãos é possível segmentar melhor as estratégias de marketing. Otimizando, assim, o tempo, o investimento e aumentando o ROI das campanhas.

1. Marketing de conteúdo

Uma das principais tendências do marketing, hoje, é focada na produção de conteúdos de alto valor para o público. Você, com certeza, já buscou uma informação no Google, certo?

Já reparou que, dentre os resultados, sempre existe uma empresa que se relaciona àquele tema? Por exemplo, quando buscamos: o que é marketing de conteúdo? Você vai notar que as primeiras opções de respostas foram desenvolvidas por empresas de marketing.

Com essa estratégia, a marca consegue informar o cliente sobre suas dores, soluções e temas relacionados. Atraindo, assim, sua atenção e recebendo uma visita no site institucional, canal no Youtube ou redes sociais.

O formato do conteúdo pode ser variado e distribuído em diversos canais de contato, como vídeos no Instagram, podcasts do Spotify, textos em blogs, etc. O essencial é que a empresa foque nos métodos adequados para o público-alvo.

Para encontrar a “fórmula” de aplicação do marketing de conteúdo é preciso realizar pesquisas de mercado, analisar os concorrentes e acompanhar o público-alvo online. Dessa forma, a estratégia de marketing de conteúdo será muito mais eficiente.

Ah! E não se esqueça de otimizar essas criações para o Google, ok? Investir em SEO é fundamental para aparecer entre os primeiros resultados de busca!

2. Presença Digital

Hoje, existe uma máxima de que se você não está na internet, a sua empresa não existe. Pode parecer um pouco radical, mas, na era da conexão, ter canais digitais e interagir com o mercado por meio de redes sociais, blogs e sites é vital para ser notado e lembrado pelo público.

Não se esqueça de ser constante nas publicações e ágil nas interações, ok? A comunicação online precisa ser frequente e rápida para não impactar negativamente na experiência do público, dos alunos e responsáveis.

Outra estratégia interessante para ganhar força online é o investimento em marketing de influenciadores. Quando pessoas conhecidas e relevantes para o público, falam sobre a sua marca, criamos um sentimento de autoridade e identificação.

Isso pode colaborar muito para o processo de decisão de responsáveis e alunos, na hora de optar por uma instituição de ensino.

3. Marketing de recomendação

Por fim, precisamos falar sobre uma estratégia muito importante no marketing educacional: o poder da recomendação! Quando criamos experiências positivas e oferecemos serviços de qualidade e inovação, conseguimos encantar todos os envolvidos, certo?

O que fazemos quando gostamos muito de uma experiência? Compartilhamos com a nossa rede de contatos! É exatamente esse o objetivo do marketing de recomendação.

Os alunos e responsáveis podem fazer essa recomendação de maneira orgânica, ou seja, sem a participação da instituição. Mas também pode ser uma estratégia mais ativa, na qual a escola incentiva o compartilhamento de depoimentos positivos.

Em ambos os casos, a empresa consegue atingir mais pessoas, aumentando, assim, as chances de captar novos clientes.

Dica de ouro para ter eficiência no marketing educacional

marketing educacional

  • Aposte em boas ferramentas tecnológicas

Hoje, a tecnologia é um dos principais determinantes para o sucesso de uma empresa. Afinal, ela é responsável por automatizar processos, melhorar a eficiência administrativa e gerencial. Além de auxiliar na captura de dados e na experiência do cliente.

E, nesse caso, estamos falando de empresas do comércio, serviço e, inclusive, de instituições de ensino.

Com as ferramentas certas a escola consegue melhorar o desempenho interno e também gerar experiências muito mais interessantes, criativas e atrativas para os alunos!

Está a procura de ferramentas educacionais que atuem dessa forma na sua instituição? Então, você precisa conhecer o combo do Google Workspace. A solução perfeita para facilitar a rotina das escolas e incluir a tecnologia de uma forma dinâmica e criativa.

Inclusive, existem inúmeras ferramentas voltadas para educação no Google for Education.

Não conhece?

O que é Google for Education?

O Google for Education é uma solução desenvolvida pela gigante da tecnologia com o objetivo de facilitar o aprendizado e o ensino.

Ele fornece um conjunto de aplicativos voltados para educação que podem ser usados desde o setor administrativo até a sala de aula.

A Safetec Educação pode ajudar a levar essa inovação para sua escola. Entre em contato com a nossa equipe e saiba como podemos te ajudar a alinhar a tecnologia com seu método de ensino.

Compartilhe com seus amigos!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn