Microsoft Teams vs Google Classroom: qual a melhor solução?

Microsoft Teams vs Google Classroom: qual o melhor?

Ambas são plataformas, lançadas por duas gigantes da tecnologia, que buscam melhorar a produtividade e a colaboração entre os membros de uma equipe.

Levando para o campo da educação, tanto o Microsoft Teams como o Google Classroom contribuem bastante para o ensino e para o aprendizado, tornando-os mais dinâmicos e eficientes.

Apesar da proposta e dos recursos oferecidos serem bem semelhantes, existem algumas diferenças que podem ser determinantes para a escolha de uma plataforma em detrimento da outra.

Por isso, continue a leitura deste artigo para conhecer melhor as funcionalidades que cada uma dessas soluções tecnológicas oferece. Assim, poderá dar o seu veredito na disputa Microsoft Team vs Google Classroom e escolher a melhor plataforma de ensino para sua instituição.

Leia também: Google Sala de Aula: o que é, para que serve, como funciona e principais vantagens

Microsoft Teams vs Google Classroom: saiba qual a melhor solução

Confira nossa análise ponto a ponto e verifique qual das opções mais tem a ver com a maneira de trabalhar de sua instituição de ensino.

O que o Microsoft Teams tem a oferecer?

O Microsoft Teams é uma plataforma que integra a suíte de aplicativos Office 365. Trata-se de um hub para trabalhos em equipe desenvolvido pela Microsoft e que permite  integrar vários outros aplicativos e serviços da Microsoft, como:

  • Word, Excel;
  • PowerPoint;
  • Outlook;
  • SharePoint;
  • OneNote.

Este último, possibilita que professores e alunos compartilhem suas anotações em um único local, que pode ser acessado por todos.

Há também o Flipgrid, ferramenta de comunicação integrada ao Teams. Ele permite a realização de videochamadas e possui outras funcionalidades semelhantes ao que o Skype (que também é da Microsoft) oferece. Isso facilita as interações entre a turma e o professor, permitindo que as tarefas e os projetos sejam mais bem executados.

No Microsoft Teams, os usuários também podem contar com o SSync. Ele é um utilitário que sincroniza arquivos e cria perfis automaticamente.

Além disso, os documentos armazenados no OneDrive, que é a plataforma de armazenamento na nuvem da Microsoft, podem ser acessados e enviados sem que o usuário precise sair do Teams.

O que o Google Classroom tem a oferecer?

O Google Classroom faz parte do G Suíte e, por isso, permite a integração com todas as outras ferramentas desenvolvidas pelo Google, como o Drive, o Docs, o Sheets, o Slides e o Hangouts.

O Google Classroom se destaca por seu fácil acesso. Seu layout simples permite que professores que eventualmente tenham pouca experiência em assuntos tecnológicos consigam utilizá-lo sem muitas dificuldades.

Além disso, o design da plataforma favorece o acompanhamento de tópicos de discussão, o fornecimento de feedbacks e a colaboração entre professor e aluno.

O compartilhamento de documentos também é algo que conta a favor do Classroom. Os professores podem inserir comentários e fazer alterações em tempo real, o que otimiza a comunicação e o aprendizado.

No Google Classroom, os professores podem enviar as tarefas para os alunos com agilidade e gerenciar o desempenho de cada um deles.

A plataforma também conta com uma Agenda para que os alunos não percam prazos. E sempre que há alguma alteração, é possível receber notificações no próprio e-mail.

Outra funcionalidade que vale a pena mencionar se refere ao arquivamento de turmas anteriores. Quando os trabalhos de uma turma se encerram, o professor pode arquivar essa turma e acessar, posteriormente, todo o histórico.

Isso é muito útil, por exemplo, quando o professor quiser consultar uma bibliografia ou provas anteriores e reaproveitar em novas turmas.

Leia mais: 5 dicas de como potencializar a relação professor aluno em sala de aula

Conclusão: escolha a ferramenta que melhor se adapta às características de sua empresa

Na disputa Microsoft Teams vs Google Classroom, você já decidiu quem leva a melhor?

Como bem vimos, ambas as plataformas oferecem bons pacotes de com ferramentas essenciais para criação, colaboração e comunicação.

No entanto, apesar de os recursos disponíveis no Teams e no Classroom serem muito semelhantes, ganha aquele que se adaptar melhor às necessidades específicos do grupo de trabalho.

Essas duas plataformas têm como principal proposta oferecer um ambiente colaborativo, centralizado e integrado. E isso ambas cumprem muito bem ao simplificarem o envio de arquivos, a gestão de desempenho, as edições em tempo real etc.

Agora é com você. Microsoft Teams vs Google Classroom: quem ganha a sua preferência?

Se quiser algumas dicas de como usar o Google Sala de Aula, aproveite este vídeo do professor Felipe Magalhães:

Confira em nosso blog: 7 tendências na educação e como aplicá-las em sala de aula

A Safetec é especialista em ajudar instituições de ensino a desenvolverem as melhores soluções educacionais com apoio da tecnologia em nuvem.

Por isso, conte com a Safetec para transformar o aprendizado em sua instituição de ensino.