Como implantar ead na escola

Como implantar EaD na escola: metodologia em 5 passos

Os avanços tecnológicos, a transformação digital e o maior acesso à internet provocaram mudanças significativas em diversos setores da sociedade, inclusive na educação.

Exemplo disso é a implementação da modalidade de Ensino à Distância (EaD), na qual todas as interações entre alunos e professores acontecem por meio de uma plataforma online.

Com diferentes ferramentas à disposição, os educadores podem enviar conteúdos para os estudantes, fazer avaliações, criar grupos de discussão e ainda interagir com os pais dos alunos.

Quer saber mais? Então continue a leitura deste artigo para conferir um passo a passo de como implantar EaD na escola. Veja também nas próximas linhas como as ferramentas do Google for Education podem te ajudar nessa missão.

Leia também: Google Classroom: tudo o que você precisa saber sobre essa plataforma virtual de ensino e aprendizagem

Passo a passo: como implantar EaD na escola

Iniciar cursos a distância em sua instituição de ensino será um desafio. Por isso, planeje-se muito bem. Seguir este passo a passo pode ser um bom começo.

1 – Faça um planejamento do conteúdo a ser ensinado

O primeiro passo de como implantar EaD na escola consiste em elaborar um planejamento sólido e bem estruturado sobre os conteúdos que serão ensinados digitalmente.

Nesse planejamento, é preciso ser o mais detalhista possível em relação às atividades a serem executadas, aos prazos de entrega, às datas para os encontros virtuais por videochamada, os assuntos que serão tratados durante toda a disciplina, os canais de comunicação no caso de dúvidas ou feedback etc.

Além disso, o material de apoio (bibliografia, slides, vídeos etc) também precisam constar nesse planejamento. 

Veja mais: 5 dicas de como motivar alunos em EaD e dar aulas engajadoras

2 – Tenha um canal de comunicação

Não há como implantar EaD na escola se não houver um bom canal de comunicação. Afinal, será por meio deles que professores, pais e alunos irão trocar informações, esclarecer dúvidas sobre as atividades e sobre o desempenho dos estudantes.

É importante poder contar com um canal de comunicação capaz de centralizar as interações, facilitando também o envio de materiais e o acompanhamento dos alunos.

Uma plataforma que pode ser bastante útil nesta etapa é o Google Sala de Aula. Lá o professor consegue criar e gerenciar diferentes turmas e grupos de trabalho, postar materiais e atividades, etc. 

Além disso, na suíte de aplicativos do Google for Education, você tem acesso ao Google Groups e ao Hangouts (Chat e Meet) para promover uma comunicação de qualidade com os alunos.

Veja também: Microsoft Teams vs Google Classroom: qual plataforma colaborativa vale mais a pena?

Se você quer saber mais sobre o Google Sala de aula, confira este vídeo da Box Cursos:

3 – Promova a capacitação dos professores

Durante a implementação do modelo EaD na escola, pode acontecer de os professores apresentarem certas dificuldades para lidar com as ferramentas tecnológicas e com esse formato não-presencial.

Tendo isso em vista, é de extrema importância promover a capacitação desses profissionais.

O Google for Education possui uma Central online, interativa e gratuita com cursos para diferentes níveis. A intenção é permitir que os professores adquiram conhecimentos sobre as ferramentas que o Google oferece e as possibilidades de integração à sala de aula.

Há ainda a possibilidade de encontrar tutores próximos aos profissionais de educação para dar aulas presenciais.

Assim, a sua escola poderá contar com uma equipe de professores devidamente preparada e capacitada para o ensino à distância, garantindo maior eficiências às aulas remotas.

Este post pode ser útil para os professores: Como fazer um plano de aula EaD: 5 dicas que fazem a diferença

Uma forma ágil e prática de capacitar professores para o EaD é por meio da Certificação Google Educador.

Veja dicas de como fazer isso neste vídeo do professor Saulo Bernardo:

4 – Garanta que todos os alunos possam participar do ensino à distância

Apesar de ser notório o maior acesso à internet e a ferramentas tecnológicas, é preciso garantir a equidade do ensino à distância. Isso significa que, para implementar o EaD na sua escola, é fundamental ter certeza de que todos os alunos tenham a disposição os equipamentos e recursos necessários (computador, tablet, smartphone, internet etc).

Se nem todos os alunos não tiverem condições de aderir à modalidade EaD, então a escola precisa encontrar uma solução para nivelar os estudantes no que se refere ao acesso aos recursos tecnológicos necessários.

Os dispositivos Chrome podem ser uma excelente alternativa. Conheça mais sobre eles aqui: O que é um dispositivo Chrome? Quais as vantagens de usar em sua empresa?

5 – Monitore e avalie os resultados

Monitorar e avaliar os resultados dos alunos é essencial para garantir que eles estão, de fato, absorvendo o conteúdo passado pelos professores.

Na plataforma do Google Sala de Aula, é possível aplicar provas utilizando o Google Forms e ativar o modo bloqueado para evitar que eles acessem outras páginas durante o teste.

Além de poder atribuir notas com agilidade, o professor também pode utilizar a aplicação Google Planilhas do G Suite para criar gráficos de desempenho e compartilhar o acesso com os alunos.

Leia mais: Google Classroom vs LMS: qual a melhor solução para a gestão do ensino e aprendizagem à distância?

Esse foi o nosso passo a passo de como implantar EaD na escola. Agora que você já sabe o que fazer, que tal apostar na modalidade de ensino à distância?

Saiba mais: Google Sala de Aula: o que é, para que serve, como funciona e principais vantagens

A Safetec é uma empresa especializada na implementação de soluções educacionais Google for Education em instituições de ensino. Conta com um metodologia própria de grande sucesso.

Clique AQUI e veja mais sobre a Safetec Educação!

Compartilhe com seus amigos!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn