7 dicas de como ser professor EAD e DOMINAR essa modalidade

O desafio é grande!

É função do professor de educação à distância criar e promover a mediação de situações didáticas virtuais capazes de satisfazer as necessidades e interesses de seus alunos. 

É ele o responsável por encorajar a construção colaborativa de conhecimento, sendo essencial para que o aluno seja bem sucedido em seu processo de aprendizagem não-presencial.

Se você é professor e agora está precisando lecionar disciplinas à distância, então você está no artigo artigo.

Nas próximas linhas, vamos dar algumas dicas essenciais de como ser professor EAD e, assim, desenvolver seu plano de carreira nessa área.

Continue a leitura e saiba o que fazer para desempenhar o seu importante papel pedagógico e intelectual nessa modalidade de ensino.

Leia também: Como se tornar um polo EaD: os 4 passos para abrir um modelo de negócio de ensino à distância

TOP 7 dicas de como ser professor EAD

1 – Conheça seus alunos

A primeira de como ser professor EAD consiste em conhecer o perfil de seus alunos. Ao saber quem são as pessoas para as quais você deverá ensinar um conteúdo, fica mais fácil definir metodologias mais eficazes e estabelecer dinâmicas mais atraentes.

2 – Faça um plano de aula

Com base no perfil dos seus alunos, busque fazer um plano de aula bem completo e que atenda as necessidades dos seus estudantes.

Nesse documento, deverá conter todos os conteúdos que serão passados, as datas das aulas virtuais e das provas, os trabalhos em grupo e os prazos para entrega, as mídias que serão utilizadas, os canais de comunicação etc.

Leia mais: Como fazer um plano de aula EaD: 5 dicas que fazem a diferença

3 – Busque aprender mais sobre as ferramentas digitais

Não há como ser professor EAD se você não tiver bons conhecimentos sobre ferramentas digitais que facilitam a interação com os alunos.

Além de ter domínio sobre a plataforma de ensino à distância utilizada pela instituição de ensino, é importante também que o professor saiba como manusear os aparatos tecnológicos para as aulas virtuais, como a produção de conteúdos em diferentes formatos (vídeo, texto, slides, planilhas, formulários, gráficos etc.).

4 – Saiba interagir com os alunos

Quando professor e alunos interagem bem no ensino à distância, o aprendizado enriquece significativamente. Tendo isso em vista, é importante que as aulas virtuais não se limitem a longas apresentações de slides e a um monólogo do professor.

Permita que os alunos participem com suas considerações sobre o tema da aula em questão. Peça que eles contribuam com conteúdos complementares. Esteja disponível para esclarecer dúvidas. Não deixe o aspecto humano de lado.

Veja também: 5 dicas de como motivar alunos em EAD e dar aulas engajadoras

5 – Seja criativo

Para que as aulas de EAD se tornem monótonas e causem o desinteresse dos alunos não custa nada. Por isso, é de extrema importância que os professores sejam o mais criativos possíveis para prender a atenção dos alunos e mantê-los interessados no conteúdo que está sendo ensinado.

Promova tarefas com dinâmicas “fora da caixa”, que fujam um pouco do tradicional. Você pode, por exemplo, apostar na gamificação.

Basicamente, a gamificação consiste em utilizar a dinâmicas de jogos para estimular a competição saudável entre os alunos. Com pontos, rankings e recompensas, você aumenta o engajamento dos alunos, os quais se sentirão desafiados a melhorar cada vez mais o desempenho.

6 – Desenvolva a habilidade para lidar com as câmeras

O vídeo é um formato bastante comum no ensino à distância. Afinal, como as aulas não são presenciais, essa é forma mais eficaz de os alunos terem acesso à explicação oral dos professores.

Sendo assim, busque aprimorar sua desenvoltura em frente às câmeras. Treine seus gestos, sua postura e sua entonação na voz, buscando passar naturalidade nos vídeos.

Aprenda também a roteirizar as suas videoaulas, tornando-as mais objetivas e coesas.

7 – Mantenha-se atualizado sobre ensino à distância

É importante que o professor de EAD mantenha-se atualizado sobre os assuntos referentes à modalidade de ensino à distância.

Ao fazer isso, você poderá ter insights valiosos sobre como melhorar seus métodos de aula e manter os alunos engajados.

Procure se informar sobre as tendências no mercado de EAD, as novas ferramentas, às maneiras criar materiais didáticos mais criativos e inovadores, os recursos multimídia, as formas de avaliação, etc.

Essas foram as nossas 7 dicas de como ser professor EAD. Coloque essas recomendações em prática e seja bem sucedido nessa modalidade de ensino.

Saiba mais: Dicas para ser um bom diretor de escola: 8 boas práticas que você não pode deixar de seguir

Se você procura aprimorar suas habilidades didáticas com ajuda da tecnologia, que tal sugerir que sua instituição de ensino adote as ferramentas Google para Educação?

Quer saber mais sobre isso? Então, entre em contato com a Safetec por este LINK.