Como usar a tecnologia na educação: 5 ideias para aplicar

São tantos aplicativos, programas e softwares disponíveis que fica até difícil definir como usar tecnologia na educação. Você também tem essa impressão?

Apesar disso, a tecnologia na educação ganha cada vez mais espaço nas salas de aula, auxiliando os professores a ensinar e os alunos a aprenderem com mais facilidade. 

Para a Geração Alpha — composta pelos nascidos a partir de 2010 — a tecnologia é parte da sua rotina e eles a associam facilmente às suas atividades.

Por isso, os professores devem aprender como usar as novas tecnologias na educação para melhorar o processo de aprendizagem dos alunos.

Quer uma ajuda com as ideias para colocar esse objetivo em prática? Continue lendo e aprenda X formas de como usar tecnologia na educação. Boa leitura!

5 maneiras de como usar tecnologia na educação

A tecnologia tem o potencial de aproximar o aluno da escola, aumentando seu interesse pelas disciplinas e trazendo para perto as ferramentas do seu cotidiano.

Claro, que essa flexibilidade exige disciplina do aluno e mais controle do método de aprendizado pelo professor.

Esse processo exige planejamento, pois as ferramentas precisam ser inseridas dentro da metodologia de aprendizado.

Separamos cinco maneiras de usar a tecnologia na educação para que os alunos aprendam de forma atrativa e mais interativa com o professor:

1. Aprendizagem gamificada

A gamificação ou aprendizagem gamificada é uma tendência que usa as características e a dinâmica dos jogos para engajar e motivar os alunos no aprendizado.

Se você tem dúvidas de como usar tecnologia na educação, comece criando atividades gamificadas e insira nas aulas.

A dinâmica dos jogos de ganhar pontos e recompensas é o que chama a atenção das crianças, adolescentes e até dos adultos.

Por isso, a aprendizagem gamificada pode estar presente em todas as etapas da vida escolar, chegando até a vida profissional.

Com aplicativos educacionais que já existem, a gamificação pode ser usada junto de algumas técnicas como: 

  • Desafios: criar um objetivo para os alunos alcançarem, passando por vários os obstáculos;
  • Atividades em etapas: o aluno progride a cada aula para uma fase, na qual aprende algo importante da matéria;
  • Avatar: transformar os alunos em avatar não só é divertido, mas também uma forma de trazer a atenção do aluno para o seu papel no momento de aprender;
  • Recompensa: quando o objetivo da atividade é ganhar um prêmio e entrar para um ranking semanal, incentivando os alunos a se empenharem no aprendizado;
  • Storytelling: histórias são sempre atrativas e envolventes, então aliar a tecnologia a fala será ainda mais atrativo para os alunos.

Para entender o potencial da gamificação da educação, assista a palestra na qual o professor e designer de jogos americano Jesse Schell, explica sobre o potencial dos jogos na nossa vida:

2. Viagens digitais

Outra maneira de como usar tecnologia na educação é fazendo viagens digitais, através de ferramentas como o Google Maps ou Google Street View.

Nem sempre todos os alunos têm a oportunidade de viajar e conhecer lugares ao redor do mundo. Mas a sala de aula pode ser o seu passaporte para novas cidades, hábitos e costumes. 

Dá para ensinar desde relevo geográfico, biomas, até a importância dos monumentos históricos e a origem dos países. 

O melhor é que essas ferramentas são gratuitas tanto para os professores quanto para os alunos que podem continuar explorando as funcionalidades nos deveres de casa, por exemplo.

Muitos museus, inclusive, oferecem tour virtual de graça que também podem ser úteis tanto pelo conteúdo como também para o aprendizado de uma nova língua. Dois coelhos com uma técnica só!

Leia também: Conheça 7 ferramentas do Google para educação e como usar na sala de aula.

3. Use as redes sociais como canais de comunicação

As redes sociais são uma forma simples, mas muito efetiva na hora de usar a tecnologia na educação.

Isso porque são recursos que pais e alunos conhecem então, nas idades em que o aluno precisa de auxílio, os responsáveis podem se integrar ao aprendizado.

No Facebook, por exemplo, os grupos são ferramentas muito utilizadas para reunir pessoas interessadas em um mesmo assunto.

No caso, um grupo de uma disciplina escolar pode compartilhar materiais extras, links e atividades, mantendo a privacidade dos alunos.

O mais legal é que as famílias podem interagir e comentar nas tarefas compartilhadas, aumentando a integração entre alunos, pais e professores.

O Twitter também é uma excelente ferramenta para pesquisar assunto em alta, extrair tópicos para discussão, incentivando os alunos a separarem e compartilharem as opiniões que encontrarem, usando uma hashtag (#) da disciplina. 

Complete sua leitura com o post: 5 dicas de como motivar alunos EAD e mais aulas engajadoras.

4. Incentive os alunos a produzirem conteúdo digital

Os alunos podem mostrar o quanto eles aprenderam sobre uma matéria criando conteúdos digitais.

Vídeos, podcasts, e-books, posts de blog, posts em redes sociais são alguns exemplos de materiais que a turma pode produzir em várias disciplinas.

Um ponto positivo dessa maneira de usar a tecnologia na educação, é permitir que os alunos interajam, fazendo as atividades em dupla ou grupos, além de individualmente, é claro. 

Com a ascensão de redes sociais como o Tik Tok e dos recursos como o Reels e ‘Stories’ do Instagram, os alunos podem aperfeiçoar suas habilidades de fala e posicionamento, aprendendo sobre linguagem corporal e comunicação social.

Quem é tímido para ficar na frente das câmeras pode exercitar as habilidades de escrita.

Outra vantagem dessa maneira de usar as novas tecnologias na educação, é que o professor cria um arquivo digital das atividades e a cada ano uma nova turma fica responsável pelos canais digitais da disciplina.

5. Crie um calendário compartilhado

A parte organizacional das aulas, ganha muito com o auxílio de uma agenda digital. O melhor de usar essa tecnologia na educação é que o calendário pode ser compartilhado.

Isso facilita a vida dos professores, dos pais e dos alunos que podem conferir quando precisarem os prazos importantes de cada matéria, viagens escolares, reuniões e avisos gerais da escola.

A ferramenta Agenda do Google é uma opção simples e gratuita. Se a escola usa o Google para Educação, adotar o aplicativo fica ainda mais fácil.

Qual dessas dicas de tecnologia na educação você vai aplicar?

Essas são apenas cinco maneiras de como usar tecnologia na educação a favor do aprendizado, melhorando também a interação de todos os envolvidos no ensino dos alunos.

Sua escola quer integrar o recursos digitais na metodologia de aprendizagem?

Para levar essa inovação para sua escola, conheça os serviços da Safetec Educação e como eles podem te ajudar a alinhar a tecnologia com seu método de ensino.