5 Exemplos de tecnologia na educação infantil que você precisa conhecer

Devido aos avanços na área da tecnologia, à facilidade de acesso à internet e à transformação digital, nem as crianças ficaram de fora desse universo digital. Por isso, é sempre necessário estar atento aos novos exemplos de tecnologia na educação infantil para que os alunos possam aproveitar ao máximo todas as vantagens desse ambiente em que já estão inseridos e no qual se sentem à vontade.

Os aparelhos digitais fazem parte da nossa atualidade. Dessa forma, para que eles não sejam utilizados de maneira errada, a instituição de ensino deve inserir esse recurso tão poderoso em suas metodologias de aprendizagem, de acordo com a faixa etária de cada turma.

A educação infantil é a base fundamental no aprendizado de uma criança. É o momento em que ela receberá todos os estímulos para aprender a ler, escrever e contar.

Dessa maneira, quando os pais estão buscando uma instituição de ensino para matricular o seu filho, eles levam em consideração a metodologia usada para repassar os conteúdos.

E a tecnologia como ferramenta educacional, se bem empregada, é vista com um diferencial positivo.

Por isso, neste texto, apresentarem 5 exemplos práticos dos uso da tecnologia na educação:

  1. Traçar paralelos entre o mundo real e o virtual
  2. Usar sites educacionais 
  3. Ensinar a usar a tecnologia a seu favor
  4. Explicar os perigos da internet
  5. Empregar e-books infantis

Veja também: Veja como tirar certificação google for education e as vantagens para alunos e professores

5 exemplos de tecnologia na educação infantil

Como já reiterado acima, esse momento é o primeiro contato da criança com um mundo ainda desconhecido por ela. 

Antes de inserir qualquer tecnologia dentro de uma sala de aula, se faz necessário compreender o impacto que terá na vida de cada um dos alunos.

É bastante comum nos dias de hoje uma criança de 5 anos saber manusear um celular melhor que um adulto, mesmo sem ainda saber ler ou diferenciar as letras do alfabeto.

Então, por que não aproveitar todo esse potencial para educar? Veja como preparar seus alunos para entenderem melhor o uso que podem dar a tecnologia em suas vidas e na sala de aula.

Confira em nosso blog: Passo a passo: como implantar o Google for Education na sua instituição de ensino em 4 etapas básicas

1. Traçar paralelos entre o mundo real e o virtual

Usando materiais que podem ser encontrados facilmente em casa, tais como: garrafas PET, papéis, palitos, papelão e canetinhas coloridas, as crianças terão em suas mãos, o poder de construir qualquer coisa que a sua imaginação for capaz de visualizar.

Mas o que a tecnologia tem a ver com isso?

Ora, esse método de coletar objetos para construir algo “maior” é bastante usado em alguns games de celular ou mesmo de PC, como o famoso Minecraft.

É importante sempre fazer tais comparações para que as crianças se sintam estimuladas e entendam que a tecnologia é um conceito que vai muito além de passar horas no smartphone.

2. Usar sites educacionais 

Dentre os muitos exemplos de tecnologia na educação infantil, contamos com as diversas plataformas online, os sites educativos ou de aplicativos voltados para o estudo. 

Eles podem ser encontrados facilmente pelo docente, e utilizados para as mais diversas atividades.

No entanto, é sempre aconselhado que o professor realize testes antes de levar para a sala de aula.  Muitos ficam inativos ou então precisam de alguns ajustes para que possam ser utilizados.

Os sites funcionam com jogos, vídeos educativos, conteúdos para aprender os números ou as letras do alfabeto. 

São inúmeras opções, que deixarão as aulas mais divertidas e atrativas para a criançada.

Dê uma olhada neste aplicativo, o Ler e Contar, compartilhado pelo professor Alberto Godinho:

Veja mais este exemplo:

3. Integrar atividades práticas com virtuais

Uma das grandes vantagens da internet está em poder acessada onde e quando se quiser. Além disso, ela conta com muitos recursos interativos que podem se conectar com objetos de seu dia a dia. É acham da internet das coisas.

Mas como isso pode ser empregado na educação infantil?

Ora, um livro lido na sala de aula pode ter o mesmo conteúdo de uma animação em um site e as crianças podem interagir dando respostas ou colorido, conforme a história é contada.

Ou, para grupos mais avançados, usar blocos de montar para criar robôs e os programas em aplicativos na internet para controlá-los com ajuda do celular.

Veja este exemplo:

4. Usar a realidade aumentada

A realidade aumentada permite que os alunos visualizarem em sala de aula animações, esquemas ou mesmo animais em movimento e mapas 3D, entre outros recursos, como se estivessem ao seu lado.

Dessa forma, conceitos abstratos ou difíceis de imaginar se tornam mais tangíveis, facilitando seu entendimento.

Além disso,as projeções são bastante realistas e interessantes, aumentando o engajamento da turma.

Veja este bom exemplo do uso da realidade aumentada em sala de aula:

5. Empregar e-books infantis

Como essa é a fase onde as crianças estão aprendendo a fazer as suas primeiras leituras, nada melhor que ter um incentivo. Seja na sala de aula ou com seus pais no conforto de sua casa, os e-books podem ser facilmente acessados em tablets e celulares. 

E são encontrados de forma gratuita ou paga, isso dependerá de qual o livro escolhido. Porém, a internet está repleta de sites específicos para download de e-books gratuitos e para crianças.

Eles podem ser lidos no celular e tablet, mas também em computador ou nos e-readers. Será um momento para os alunos colocarem em prática o ensino híbrido, metodologia utilizada por muitas escolas atualmente.

Esse é somente mais um dentre os diversos exemplos de tecnologia na educação infantil. 

Cada instituição deve adotar a metodologia pensando sempre na vantagem que ela proporcionará para o aluno e nos recursos que a escola e a turma têm ao seu alcance.

Veja mais: O que é ensino híbrido: definição, vantagens e 6 recomendações fundamentais para implementar na sua escola ou universidade

A safetec Educação conta com uma equipe de especialistas para ajudar você e sua escola a usarem os melhores recursos tecnológicos na educação.

Fale com a gente e saiba mais, clique aqui: Quero usar a tecnologia na educação!