novas-tecnologias-na-educacao

5 novas tecnologias na educação que você precisa conhecer

As novas tecnologias na educação têm se mostrado muito promissoras. Hoje, tecnologia e educação são duas palavras extremamente ligadas tanto para o gerenciamento de instituições de ensino e de turmas quanto para a aplicação em sala de aula.

Além de aumentar a produtividade e eficiência das empresas educacionais, os alunos também se beneficiam muito da transformação digital nas organizações de ensino.

Ferramentas para professores online e gratuitas como o Google Sala de Aula têm proporcionado uma verdadeira revolução no ensino de algumas instituições.

E as novas tecnologias na educação têm surgido e evoluído com uma velocidade difícil de acompanhar.

Neste post, selecionamos cinco novas tecnologias na educação que toda escola e educador precisam conhecer e tentar aplicar em sala de aula.

Algumas delas são bastante acessíveis!

Quais são as novas tecnologias na educação?

novas-tecnologias-na-educacao

1. Realidade virtual

Se você quer mesmo experimentar novas tecnologias na educação, não pode deixar de usar a realidade virtual.

Pense bem: que outra maneira de levar seus alunos a conhecerem e sentirem novas experiências e conhecimentos sem sair da sala de aula?

A realidade virtual torna o aprendizado mais interativo e interessante. Algo fundamental para manter a atenção de alunos cada vez mais dispersos e com dificuldade de concentração e foco.

E se você acha que a realidade virtual na sala de aula é cara, na verdade, ela pode ser bem mais acessível do que muitos imaginam.

Com um template recortado em papelão e alguns celulares, é possível levar os alunos para outros países, ao fundo dos oceanos e até à superfície de Marte.

Outra vantagem da realidade virtual na educação é usar visitas guiadas a museus e locais históricos. Muitos desses tours estão disponíveis na internet e podem ser acessados com facilidade. Alguns exemplos são:

  • Louvre, Paris – França;
  • Art Institute of Chicago, Chicago – EUA
  • Metropolitan Museum of Art, Nova York – EUA;
  • Pinacoteca, São Paulo – Brasil;
  • Museu Casa de Anne Frank, em Amsterdam – Holanda.

Além disso, quem trabalha com conceitos geométricos e espaciais como na matemática e na física, além de disciplinas do ensino superior como arquitetura e engenharia, tem uma excelente oportunidade de tangibilizar a teoria por meio de uma mídia imersiva.

Confira este vídeo da revista Época com uma experiência concreta de uso dessa nova tecnologia na educação:

Saiba mais: Conheça um software para organização de sala de aula usado por 30 milhões de pessoas.

2. Realidade aumentada

Realidade virtual e realidade aumentada são coisas diferentes. Mas ambas são novas tecnologias na educação com grande potencial.

Diferentemente da realidade virtual, a realidade aumentada interage com o ambiente real presente à sua volta

Assim, é possível complementar as informações, acrescentar personagens e animações.

Por exemplo: imagine que um professor está explicando a seus alunos com ajuda de um globo terrestre como funciona o fenômeno do eclipse solar.

Talvez as explicações não fiquem muito claras. Mas se ele tiver a possibilidade de usar a realidade aumentada para que os alunos observem o globo com uma série de animações bem claras de como funciona o eclipse solar surgindo ao redor dele, tudo vai ficar bem mais fácil de entender.

E essa é apenas uma de muitas possibilidades.

Visitas a locais históricos e museus podem contar com esse mesmo tipo de aumento da realidade, colocando personagens históricos nesses locais, por exemplo.

Confira um exemplo do Google no vídeo abaixo: 

3. Analytic Learning

A análise de dados é cada vez mais usada em todas as áreas com excelentes resultados. E por que não deveria ser usada também no aprendizado?

Essa é outra das novas tecnologias na educação que já traz uma melhoria substancial no aproveitamento em diversas instituições de ensino.

Imagine saber exatamente quais são as dúvidas mais frequentes de seus alunos ou que tipo de metodologia em sala de aula trouxe mais progressos para as turmas?

Os dados sobre o desempenho escolar, sempre tratados de forma sigilosa e nunca pessoal, podem ser usados para a melhoria contínua do processo de aprendizado.

E a cada nova turma, novos dados são coletados. Assim, pode-se acrescentar novas informações ao sistema e acompanhar as mudanças de comportamento dos alunos, adaptando-se a elas e evoluindo sempre.

4. BYOD

O uso de telas compartilhadas, exercícios em formulários online, materiais de referência multimídia, além das já citadas realidade virtual e aumentada, demandam o uso de dispositivos móveis pelos alunos.

Assim, principalmente em universidades e no ensino corporativo, estimula-se que os alunos tragam seus próprios dispositivos para a sala de aula.

O termo BYOD vem do inglês e é a sigla para Bring Your Own Device que, em português, quer dizer: traga seu próprio dispositivo.

Se por um lado isso ajuda a usar as novas tecnologias na educação, por outro a grande variedade de hardwares e sistemas operacionais pode tornar incompatível algumas tecnologias ou proporcionar experiências diversas.

Para superar isso, existe uma solução. Confira no próximo tópico.  

5. DAAS

DAAS é outro acrônimo em inglês: Dispositive as a Service. Em nosso idioma: Dispositivo como um Serviço.

No caso, as instituições de ensino (ou qualquer outro tipo de empresa) adquirem o direito de uso de diversos dispositivos como desktops, laptops e tablets, e os disponibilizam para os alunos e pessoal administrativo.

Não se paga o valor de compra desses aparelhos, mas uma taxa mensal.

Assim, eles são reparados ou substituídos em caso de defeito, além de receberem atualizações online de seus sistemas e até de softwares, em alguns casos, diretamente pela nuvem.

Dessa forma, todos os alunos têm os dispositivos necessários para aproveitar o melhor das novas tecnologias na educação e a experiência é idêntica para todos eles.

Confira mais detalhes aqui: Como usar Chromebook nas escolas em 5 atividades diferentes.

Já implementa o uso de novas tecnologias na educação na sua escola?

Você já conhecia alguma dessas novas tecnologias na educação? Já usa em sala de aula? Compartilhe sua experiência com a gente nos comentários!

Se a sua escola precisa de inovação nos processos e otimizar a comunicação e colaboração entre a equipe, professores e alunos, a solução é o Google Workspace for Education.

A Safetec Educação te ajuda a levar mais inovação para sua escola. Entre em contato com a nossa equipe e saiba como podemos te ajudar a alinhar a tecnologia com seu método de ensino.

Compartilhe com seus amigos!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn