Tecnologia na educação infantil: aprenda como usar!

A tecnologia na educação infantil já é uma realidade em muitas escolas que aliam os equipamentos eletrônicos e seus recursos para apoiar o aprendizado.

Os pequenos que estão começando sua alfabetização são de uma geração (os Centennials) onde a tecnologia faz parte do seu cotidiano. 

Por isso, ao invés de barrar e tratar a tecnologia como algo nocivo, é possível inserir ferramentas na educação que mostram que esses recursos vão além do entretenimento.

Quer saber como a tecnologia na educação infantil pode transformar seu método de ensino para melhor? 

Continue lendo e saiba como usar e os benefícios da tecnologia na educação.

Como usar a tecnologia na educação infantil?

O objetivo da tecnologia na educação é fornecer aos alunos meios atuais e dinâmicos de aprender os fundamentos da educação básica.

E não falamos apenas de ler e escrever. Colaboração, empatia, criatividade, identificação, foco, estímulos das capacidades são alguns exemplos de habilidades sociais que as crianças também precisam desenvolver.

As novas tecnologias na educação também tornam o dia a dia mais prático e essa visão ajuda os pequenos a perceberem o potencial das suas qualidades e conhecerem quais são suas aptidões.

Algumas formas de usar a tecnologia na educação infantil são:

1. Fazer leituras online

Os livros digitais podem ser lidos em devices próprios para a leitura e também via tablet ou smartphones. 

A literatura infantil é riquíssima, além dos quadrinhos que são um formato ótimo para ilustrar situações do cotidiano com as crianças.

Dessa forma, os professores conseguem chamar a atenção dos pequenos devido ao formato digital ser atrativo, estimulando conversas e trocas sobre as histórias dentro e fora da sala de aula.

Os audiolivros são outro recurso valioso de tecnologia na educação infantil, pois coloca as crianças ainda na pré-escola em contato com narrativas, estimulando a audição e a atenção à fala.

Leia também: 8 dicas de ferramentas para professores.

2. Estimular o aprendizado sons e ritmos

Outro uso da tecnologia na educação infantil é apresentar sons e ritmos variados para as crianças que se interessam em explorar tudo que não conhecem.

Através de áudios, os alunos podem aprender os sons da natureza e da cidade. Essas atividades ajudam a mostrar como é a vida em diferentes lugares, além de ensinarem sobre o sons das palavras e sua forma escrita.

Outra aplicação interessante é no ensino de outras culturas que são transmitidas pelos sons, criando a identidade cultural dos povos.

O ensino desses conceitos pode vir através de vídeos, recursos de realidade virtual ou realidade aumentada como tours virtuais, documentários, etc.

3. Usar a gamificação no aprendizado

A gamificação também pode ser considerada uma tecnologia na educação infantil. Esse conceito associa a criação de aprendizados através de experiências de jogo.

Os joguinhos entram fácil no cotidiano das crianças e o desafio é algo capaz de chamar sua atenção. 

Quando inserido no contexto de ensino, os alunos tendem a ter mais atenção e a aprender melhor os conceitos, pois a experiência do game fica na memória.

Esse estímulo ajuda a criar independência, habilidades motoras, raciocínio lógico e a importância do trabalho em equipe, pois os alunos podem trabalhar em duplas e interagir nos dispositivos lado a lado.  

4. Criar conteúdos autorais

A tecnologia na educação infantil também é uma forma de tirar os alunos de uma posição passiva e mostrar que os equipamentos são ferramentas de criação.

Como dizia o cineasta Glauber Rocha basta “uma câmera na mão e uma ideia na cabeça” para que você seja um criador na sua realidade.

As crianças gostam de explorar e os smartphones e tablets podem ser aliados em atividades escolares que estimulam que elas conheçam e mostrem o seu mundo.

Os conteúdos audiovisuais são muito ricos e podem ser usados em tarefas como mostrar o cotidiano, conhecer a profissão de alguém da família, criar histórias com os amigos na sala de aula, etc.

Todos esses materiais podem virar exposições ou murais online com acesso exclusivo para os pais ou compartilhadas com o público.

5. Ensinar conceitos fundamentais

Recursos musicais e visuais podem ajudar as crianças a fixarem conceitos fundamentais como o alfabeto, os números, as cores, as contas matemáticas, etc.

Ao ver e ouvir, os alunos são estimulados a interagir com as telas utilizadas, tendo um processo de aprendizagem mais rico.

O ensino de uma segunda língua na idade infantil também pode ser apoiado pela tecnologia, ajudando as crianças a assimilarem os sons, palavras e sotaques de pessoas nativas de outras línguas em vídeos, historinhas interativas, animações, etc.

Saiba mais sobre o uso da tecnologia na educação infantil no vídeo abaixo com professores especialistas no assunto!

Quais os benefícios do uso da tecnologia na educação?

Os exemplos de uso da tecnologia na educação infantil que citamos acima trazem muitos benefícios para o desenvolvimento das crianças.

Criar um ambiente interativo e atrativo é uma forma de segurar a atenção dos pequenos nos cursos das aulas para que eles tenham uma boa base teórica, prática e social durante o crescimento.

Outros benefícios da tecnologia na educação são:

Mais vontade de aprender: usar a tecnologia na educação infantil estimula as crianças a quererem estar na escola para vivenciar todas as atividades e experiências. 

Ganhar novas habilidades: a capacidade dos alunos pode ser desenvolvida com as ferramentas tecnológicas, auxiliando o aprendizado da língua, da fala e das expressões sociais e emocionais.

Estímulo da criatividade: como destacamos acima, a tecnologia na educação infantil tira os alunos de uma posição passiva, estimulando a expressão da criatividade para criação de fotos, vídeos e áudios que mostram suas ideias.

Melhorar o foco e a atenção: manter as crianças interessadas na aula é um desafio para os professores. Com a tecnologia, os alunos são estimulados a ver, ouvir e interagir durante as aulas, melhorando sua produtividade.

Colaborar em equipe: trabalhar em grupo em atividades de gamificação, por exemplo, ajuda os alunos a aprenderem o conteúdo e também a apoiarem os colegas, trocar ideias e entender o valor da colaboração como uma habilidade social importante.

Agora que você sabe no que a tecnologia ajuda na educação…

pode explorar as possibilidades da tecnologia na educação infantil na instituição de ensino onde você trabalha.

Existem diversas ferramentas disponíveis no mercado focadas no objetivo da tecnologia na educação e com um custo-benefício vantajoso para as instituições. 

Para levar essa inovação para sua escola, conheça os serviços da Safetec Educação e como eles podem te ajudar a alinhar a tecnologia com seu método de ensino.